MEDICINA NUCLEAR EM VALÊNCIA E ONCOLOGIA

PET-CT é um estudo altamente especializado que utiliza isótopos radioativos como ferramenta de diagnóstico. O uso de isótopos permite ao especialista fazer diagnóstico nos casos mais complexos ou controversos, onde a tomografia contrastada convencional é ineficaz. A principal aplicação é controle de possível recaída do câncer.

Isto desempenha um papel fundamental em oncologia, onde o diagnóstico precoce determina o prognóstico e o sucesso do tratamento e aumenta as chances de recuperação ou remissão a longo prazo.

Vem para o resgate Medicina nuclear e onde é necessário esclarecer um diagnóstico já feito - por exemplo, para identificar o foco principal do desenvolvimento tumores. Isso é fundamental para desenvolver um plano de tratamento.

Pat-ct em Valência. Pet-CT na Espanha

Além do uso de isótopos radioativos, a medicina nuclear também inclui radioterapia por feixe externo e técnicas de diagnóstico. Em particular, estamos falando sobre o uso de tomógrafos por emissão de fóton único, os chamados ESPECIFICAÇÃO-dispositivos que funcionam com radiação gama, e PAT-scanners. Ambos os grupos de dispositivos são utilizados para estudar o estado de tecidos e órgãos, bem como para monitorar processos metabólicos.

A medicina hoje sabe que as células cancerígenas se desenvolvem de maneira especialmente ativa e que seu crescimento requer muita glicose. Com a ajuda de tomógrafos modernos, os médicos têm a oportunidade de observar os processos de crescimento das células cancerosas, bem como detectar oportunamente o início do processo cancerígeno.

Em Valência Existem alguns centros de diagnóstico, que utilizam os últimos avanços Medicina nuclear. Nas clínicas valencianas é possível fazer um exame completo para detectar neoplasias malignas em estágios iniciais.

Medicina nuclear em Valência e PET-CT em Valência e em toda a Espanha. - 1
Medicina nuclear em Valência e PET-CT em Valência e em toda a Espanha. - 2

MEDICINA NUCLEAR NA ESPANHA.

INFORMAÇÕES GERAIS

Aplicação de tecnologia PET-CT (tomografia por emissão de pósitrons) permite a obtenção de imagens tridimensionais. Essa técnica tem se difundido no estudo do metabolismo, fundamental no diagnóstico de neoplasias malignas.

Diagnóstico usando um tomógrafo nuclear ESPECIFICAÇÃO o uso de uma câmera gama permite obter imagens visuais da área, tecido ou órgão examinado. Essas imagens proporcionam ao diagnosticador uma compreensão abrangente do estado do órgão, suas características morfológicas e funcionais.

PET CT EM VALÊNCIA

PET scan

Outra nova técnica de diagnóstico é PET scan. Por meio de uma câmera gama, o equipamento registra acúmulos de radiofármacos previamente administrados nas estruturas ósseas. A varredura também permite a observação de uma série de alterações celulares, incluindo alterações nos parâmetros moleculares e bioquímicos. Finalmente, PET-CT dê uma chance diagnosticador obter informações completas sobre a anatomia do órgão, sua forma, tamanho, posição e alterações nele ocorridas.

Medicina nuclear em Valência e PET-CT em Valência e em toda a Espanha. -3
Medicina nuclear em Valência e PET-CT em Valência e em toda a Espanha. - 4

MEDICINA NUCLEAR EM VALÊNCIA E TERAPIA

Na última década, graças ao desenvolvimento ativo da medicina nuclear como na Espanhae em outros países surgiram mais de uma centena de tipos de estudos que permitem diagnosticar uma ampla gama de doenças em estágios iniciais. Assim, é a medicina nuclear que permite identificar tumores de baixa qualidade na infância e prevenir a sua progressão. As conquistas no diagnóstico nuclear são agora utilizadas não apenas na oncologia, mas também em outras áreas da medicina.

Um dos métodos mais eficazes para diagnosticar e tratar tumores malignos é PAT. O PET é um método inovador - o diagnóstico, neste caso, é feito por meio de equipamentos com sistema de vídeo especial e medicamentos rastreadores, que permitem estudar detalhadamente o estado dos órgãos internos. O medicamento traçador mais utilizado é um medicamento especialmente preparado solução de glicose. A glicose, ao entrar no corpo, se instala nas células que mais precisam dela - entre elas as células cancerígenas.

Além de fins diagnósticos, a medicina nuclear também é amplamente utilizada para fins terapêuticos. O uso de suas tecnologias possibilita a realização de tratamento seletivo contra o câncer - as substâncias injetadas vão diretamente para a área afetada. Isso permite atuar apenas nas células cancerígenas, evitando consequências negativas para os tecidos saudáveis.

Hoje, a medicina possui um grande número de radiofármacos, por isso é crescente o número de métodos de tratamento e diagnóstico. Muitos especialistas acreditam que a medicina nuclear é o futuro no tratamento do cancro e o futuro da medicina personalizada em geral.

Quando é prescrita uma tomografia PET?

As informações obtidas pelo PET-CT podem ser usadas para diagnosticar uma ampla gama de doenças, incluindo:

  • neoplasias malignas (PET-CT, neste caso, é usado para avaliar a disseminação de células cancerígenas e monitorar o progresso do tratamento),
  • isquemia – o diagnóstico permite avaliar o fluxo sanguíneo e identificar cicatrizes formadas em decorrência de crises anteriores, bem como identificar as áreas que se caracterizam pela redução da produtividade,
  • comprometimento da memória na ausência de uma etiologia clara,
  • epilepsia – em particular, ao localizar focos da doença,
  • tumores cerebrais (diagnosticados e suspeitos).
Medicina nuclear em Valência e PET-CT em Valência e em toda a Espanha. - 5

Perguntas frequentes

Quanto tempo leva o exame?

Em média, o exame dura de 30 a 60 minutos.

Há alguma sensação desagradável?

Não, o paciente não sente nenhum desconforto ou dor durante o diagnóstico.

É necessário treinamento especial antes do diagnóstico?

Não, não é obrigatório. Porém, o paciente é obrigado a avisar ao médico que está tomando algum medicamento, podendo a medicação precisar ser interrompida por um curto período de tempo.

Existem efeitos colaterais do diagnóstico?

Não, nenhum efeito colateral foi relatado até agora.

Mulheres que amamentam podem realizar PET-CT?

O diagnóstico por esse método não é recomendado durante a amamentação, pois os radiofármacos podem ser excretados no leite materno.

É permitida a presença de acompanhantes durante o diagnóstico?

Claro. Mas é melhor que sejam adultos e não crianças.

É permitido fazer diagnóstico PET-CT durante a gravidez?

Em nenhum caso. Se você suspeitar de gravidez, deverá fazer um teste antes do diagnóstico.

Em nenhum caso. Se você suspeitar de gravidez, deverá fazer um teste antes do diagnóstico.

O que é um radiofármaco?

Um radiofármaco é uma combinação de um isótopo radioativo com uma substância orgânica ou inorgânica. O isótopo pode ser glicose, flúor, tálio ou tecnécio. O medicamento acabado é utilizado no diagnóstico, bem como no tratamento de certas doenças, principalmente em oncologia. Em particular, os radiofármacos são utilizados na radioterapia.

Quanto tempo leva o exame?

Em média, o exame dura de 30 a 60 minutos.

Há alguma sensação desagradável?

Não, o paciente não sente nenhum desconforto ou dor durante o diagnóstico.

É permitida a presença de acompanhantes durante o diagnóstico?

Claro. Mas é melhor que sejam adultos e não crianças.

É necessário treinamento especial antes do diagnóstico?

Não, não é obrigatório. Porém, o paciente é obrigado a avisar ao médico que está tomando algum medicamento, podendo a medicação precisar ser interrompida por um curto período de tempo.

Existem efeitos colaterais do diagnóstico?

Não, nenhum efeito colateral foi relatado até agora.

Mulheres que amamentam podem realizar PET-CT?

O diagnóstico por esse método não é recomendado durante a amamentação, pois os radiofármacos podem ser excretados no leite materno.

É permitido fazer diagnóstico PET-CT durante a gravidez?

Em nenhum caso. Se você suspeitar de gravidez, deverá fazer um teste antes do diagnóstico.